NOTINHAS OFICIAIS XI
NOTINHAS OFICIAIS XI
 
PRIMEIRA PÁGINA
OPINIÃO PRÓPRIA
OPINIÃO PRÓPRIA II
OPINIÃO PRÓPRIA III
OPINIÃO PRÓPRIA IV
OPINIÃO PRÓPRIA V
APRENDA A FISCALIZAR
TCESP/PARECERES
FORUM DE SÃO PEDRO I
FORUM DE SÃO PEDRO II
FORUM DE SÃO PEDRO III
FORUM DE SÃO PEDRO IV
AUDITORIAS I
ARQUIVO I
ARQUIVO II
COMPRAS&CONTRATOS/J
COMPRAS&CONTRATOS/F
COMPRAS&CONTRATOS/M
COMPRAS&CONTRATOS/A
COMPRAS&CONTRATOS/M
COMPRAS&CONTRATOS/J
COMPRAS&CONTRATOS/J
COMPRAS&CONTRATOS/A
COMPRAS&CONTRATOS/S
COMPRAS&CONTRATOS/O
COMPRAS&CONTRATOS/N
COMPRAS&CONTRATOS/D
INEXPLICABILIDADES I
INEXPLICABILIDADES II
INEXPLICABILIDADES III
INEXPLICABILIDADES IV
INEXPLICABILIDADES V
INEXPLICABILIDADES VI
INEXPLICABILIDADES VII
INEXPLICABILIDADES VIII
INEXPLICABILIDADES IX
INEXPLICABILIDADES X
ALERTAS TCESP/2009
ALERTAS TCESP/2010
TCESP/AVALIAÇÕES 2011
A MANIPULAÇÃO I
A MANIPULAÇÃO II
A MANIPULAÇÃO III
A MANIPULAÇÃO IV
INTERROGANTES I
INTERROGANTES II
E EM ÁGUAS QUANDO? I
E EM ÁGUAS QUANDO? II
E EM ÁGUAS QUANDO? III
E EM ÁGUAS QUANDO? IV
E EM ÁGUAS QUANDO? V
E EM ÁGUAS QUANDO? VI
E EM ÁGUAS QUANDO? VII
E EM ÁGUAS QUANDO?VIII
NOTINHAS OFICIAIS II
NOTINHAS OFICIAIS I
NOTINHAS OFICIAIS III
NOTINHAS OFICIAIS IV
NOTINHAS OFICIAIS V
NOTINHAS OFICIAIS VI
NOTINHAS OFICIAIS VII
NOTINHAS OFICIAIS VIII
NOTINHAS OFICIAIS IX
NOTINHAS OFICIAIS X
NOTINHAS OFICIAIS XI
CORRUPTOLOGIA NATIVA
ADIVINHAÇÕES I
imagen
imagen
imagen
imagen
imagen
O IFDM em Educação
E a ‘incomodada’ autoridade de Piracicaba com o índice de ASP
Antes de nos debruçarmos sobre a difícil posição de ASP no conceito de EMPREGO & RENDA, no ÍNDICE FIRJAN DE DESENVOLVIMENTOMUNICIPAL, será oportuno proclamar logo de início nossa surpresa perante o silêncio oficial sobre os resultados alcançados pela atual administração pública em EDUCAÇÃO e SAÚDE, referentes ao exercício de 2009 e divulgados em Novembro de 2011.
Até para se vangloriar no que pode a PREFEITURA é omissa, talvez para não reconhecer a fonte que promove tal informação: a REVISTA DE ÁGUAS DE SÃO PEDRO.
E mais taciturnos ficamos quando nas proximidades do município, as autoridades de outras localidades se animam a espalhar resultados inferiores aos de ASP, ainda que mesmo assim sejam meritórios, como legítimas proezas.
imagen
Índices Desenvolvimento Municipal (IFDM),
onde 1,0 é a nota máxima e 0,0 a mínima
O caso mais emblemático é oferecido por PIRACICABA, aparentemente importunada com a vitória de ASP e outras minúsculas cidades paulistas, como Dolcinópolis e Oscar Bressane , campeãs brasileiras com a nota máxima!
No passado dia 14 de Novembro, seu Secretário de Educação, Gabriel Ferrato, publicava no diário TRIBUNA PIRACICABANA um artigo com 611 palavras, com o título PIRACICABA EM DESTAQUE NA EDUCAÇÃO e o subtítulo A POSIÇÃO ALCANÇADA PELO MUNICÍPIO DEVE SER MOTIVO DE ORGULHO.

E manipulando o que podia, sem faltar com a verdade, afirmaria que “segundo o Índice Firjan de Desenvolvimento dos Municípios relativo à educação (IFDM Educação) de 2009, que acaba de ser publicado, Piracicaba ocupa o primeiro lugar dentre os 25 municípios brasileiros com população entre 300 e 400 mil habitantes, o quinto lugar dentre os 79 municípios com população acima de 300 mil habitantes e o oitavo lugar dentre os 133 municípios com população acima de 200 mil habitantes".
Concluiria esta afirmação com uma indelicada referência: “Não vamos considerar os municípios menores, pois a comparação não teria significado”.
imagen
O Secretário Ferrato considera, já nas primeiras cem palavras de seu texto, que o sucesso de ASP no item EDUCAÇÃO, por exemplo, ‘não teria significado’, declaração que pode ser considerada inicialmente como arrogante.
Se isto fosse verdade, porque o IFDM coletou informação de ‘todos’ os municípios brasileiros, desde os imensos e grandes aos minúsculos?
Espanta que uma autoridade em EDUCAÇÃO sofra da SÍNDROME DO PRECONCEITO, para derrubar um eventual insucesso frente à minúscula cidade de ASP.

Se levada ao extremo esta afirmação de GABRIEL FERRATO, porque o IBGE, por exemplo, perdeu tempo e dinheiro com o recente censo de 2010 em cidades que, pelo seu tamanho, não possuem ‘significado’?

Mas há uma explicação.
A comparação com ASP lhe senta melindrosa ao Secretário de Educação piracicabano.
Enquanto a brilhante PIRACICABA alcança um índice de 0,9208, onde 1,000 é a nota máxima, a carente de ‘significado’ ASP a ultrapassa, ao merecer a referência 0,9589, ou seja, com mais 0,0381 em méritos.
Claro que o ‘bla-ble-bli-blo-blu’ do Secretário concluiu com afirmativas laudatórias deste nível:
imagen
• “A posição alcançada pelo município deve ser motivo de orgulho para nós, piracicabanos”.
• “Isso mostra que estamos no caminho certo e preparando nossas crianças e adolescentes para que tenham a melhor formação e as melhores oportunidades na vida”.
• “Deve ser, também, um motivo de satisfação para os pais dessas crianças, pois podem ter a segurança de que os profissionais da educação de nossa cidade estão fazendo o melhor para os seus filhos”.
Enquanto isto se escreve, a tênue ASP se mantém em silêncio, porque o sucesso nesta área lhe é peculiar por tradição.

26/12/2011
imagen